O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Vírus da gripe H3N2 já registra mortes no Brasil

Normalmente com a aproximação do outono, o vírus Influenza, responsável por causar gripes.

Vírus da gripe H3N2 já registra mortes no Brasil
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

Normalmente com a aproximação do outono, o vírus Influenza, responsável por causar gripes, volta a circular no país, agora em outra forma. O Brasil já registrou os primeiros casos da H3N2, um gênero de vírus Influenza que acometeu no ano passado mais de 47 mil pessoas nos Estados Unidos, causando diversas mortes entre crianças e idosos.

O relatório epidemiológico mais recente divulgado pelo Ministério da Saúde contabiliza em 13  estados brasileiros o registro de casos da Síndrome Respiratória Aguda Grave, (SARS em inglês), causada pelo H3N2. Um total de 57 pessoas já foram diagnosticadas, sendo 10 mortes neste ano. Segundo especialistas em epidemiologia o H3N2 circula no Brasil há bastante tempo.

Os sintomas da gripe H3N2 são os mesmos que uma gripe comum, pois o paciente tem coriza, febre, dor no corpo. Mas os sintomas são mais agressivos em idosos, crianças e pessoas que tem algum tipo de doença crônica.

A transmissão dos vírus influenza, inclusive o H3N2 é dispersada através do contato com secreções expelidas das vias respiratórias pela pessoa contaminada. Isso pode ocorre ao falar, tossir ou espirrar.

Medidas de prevenção

A campanha nacional de vacinação está programada para a segunda quinzena deste mês, mas além da vacinação, existem medidas de prevenção que sempre devem ser lembradas durante as estações do outono e inverno.  

A imunização não apresenta 100% de eficácia, por conta disso é importante estar atento para evitar a proliferação do vírus e:

  • Evitar lugares fechados e sem ventilação;
  • Higienizar as mãos com frequência;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal;
  • Proteger boca e nariz, principalmente quando for tossir ou espirrar;
  • Evitar tocar olhos, nariz e boca com as mãos sujas. Usar álcool gel 70% para higienização das mãos, após elas estarem limpas, também é considerada uma medida eficaz de prevenção.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.