O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Substância da beterraba pode ajudar a diminuir avanço do Alzheimer

Estudo do composto que dá cor ao vegetal foi apresentado por pesquisadores americanos em março deste ano.

Substância da beterraba pode ajudar a diminuir avanço do Alzheimer
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

Um estudo recente revelou que a betanina, ingrediente que dá a beterraba sua cor característica, pode auxiliar a diminuir o acúmulo de proteínas deficiente no cérebro que é associada à doença de Alzheimer.

Os resultados da pesquisa acompanhada pelos pesquisadores da Universidade do Sul da Flórida (Estados Unidos) foram divulgados no final de março deste ano em um encontro nacional da Sociedade Americana de Química.

Embora os cientistas não tenham certeza o que causa o Alzheimer, eles observaram que nos cérebros dos pacientes com doença, as proteínas beta-amiloides são frequentemente deformadas e se acumulam em placas e emaranhados.

A equipe observou as proteínas por conta própria e também em uma mistura de betanina, e mediu os níveis de oxidação das proteínas. A oxidação é um processo associado ao desdobramento e ao acúmulo de beta-amiloides. Os resultados mostraram que a oxidação foi reduzida em até 90% quando essas proteínas foram expostas ao composto de beterraba.

Anteriormente já foi verificado em outros estudos que o suco de beterraba pode aprimorar o fluxo de oxigênio levado ao cérebro conforme ocorre o envelhecimento do paciente, e também o suco pode auxiliar no desempenho cognitivo.

Os resultados são preliminares e não provam que o extrato de beterraba previne completamente o acúmulo incorreto da proteína. No entanto, reduz a oxidação, o que é um bom sinal dado ao potencial do composto no tratamento da doença de Alzheimer.

Esta não é a primeira vez que as beterrabas são notadas por seus efeitos na saúde do cérebro. Um estudo de 2017 revelou que indivíduos mais velhos que ingeriram suco de beterraba antes de se exercitar apresentaram maior conectividade cerebral e melhor cognição quando comparados aos pares pareados por idade que não ingeriram suco de beterraba antes de treinar.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.