O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Rivotril: para que serve, como tomar, quais os males para o corpo

Saiba para que esse medicamento serve e quais seus efeitos no corpo

Rivotril: para que serve, como tomar, quais os males para o corpo
4 (80%) 2 votos Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

Conhecido por muitos como um tarja preta perigoso, o Rivotril é um medicamento utilizado para o tratamento de crises de epilepsia, espasmos infantis, transtornos de humor, quadros de ansiedade, crises psicóticas, tratamento de vertigens e distúrbios de equilíbrio.

Existe o Rivotril gotas, sublingual e comprimidos, sempre dependendo de cada paciente e também da idade do usuário.

Composto principalmente por clonazepam, esse medicamento faz parte dos medicamentos benzodiazepínicos, esses são responsáveis por causar inibições no sistema nervoso central, o que leva o paciente a se sentir levemente sedado, com os músculos relaxados, um verdadeiro tranquilizante.

O efeito do Rivotril começa após 30 ou 60 minutos de sua administração com efeitos longos de 6 a 12 horas. Por essa razão, somente um médico pode indicar o uso do tarja preta.

Rivotril: detalhes sobre esse medicamento

A quantidade do medicamento utilizado para tratamentos depende sempre de cada quadro. A quantidade pode variar em relação ao problema que o paciente está enfrentando.

Porém, uma informação importante é que o tratamento sempre é iniciado com as menores doses possíveis. O aumento delas poderá acontecer com o tempo, seguindo a ordem médica e progresso do tratamento.

O Rivotril Gotas de 2,5 mg é uma solução oral que tem como administração a forma de conta-gotas. O médico é o responsável por informar qual é a quantidade do medicamento. A recomendação é que as gotas sejam administradas em algum líquido.

O Rivotril sublingual de 0,25 mg é recomendados para casos onde o feito precisa acontecer de forma mais rápida. Sua absorvição acontecerá após um período mínimo de três minutos.

Os comprimidos de Rivotril possuem duas opções: 0,5 ou 2,0 mg. Esses devem ser ingeridos sem partir ou mastigar e engolidos com a ajuda de algum líquido.

Quais são os efeitos colaterais do Rivotril?

Por se tratar de uma medicação usada em casos específicos, o Rivotril precisa ser indicado pelo médico. Informe-o caso você venha a sofrer de algum dos problemas abaixo:

  • Amnésia
  • lentidão no pensamento
  • cansaço
  • depressão
  • irritabilidade
  • insônia
  • falta de coordenação de movimentos
  • falta de concentração
  • alterações de visão

Esse medicamento ainda pode causar infecções respiratórias, gripe, vertigem, olho esbranquiçado, perda de apetite,coceiras, fraqueza, fadiga, dificuldades na urina, cólicas, redução do interesse sexual e outros.

Pacientes com doença dos pulmões ou fígado, glaucoma, alérgicos a benzodiazepínicos, ao Clonazepam​ ou a algum dos componentes da fórmula não podem fazer o uso da medicação.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.