O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Perder peso: substância da pimenta pode tornar remédio para emagrecimento

A capsaicina está presenta na pimenta e é responsável por melhorar níveis de açúcar, colesterol e na perda de peso.

Perder peso: substância da pimenta pode tornar remédio para emagrecimento
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

A pimenta é muito usada no Brasil e por mais que seu gosto picante faça com que algumas pessoas se afastem dela, esta traz vários benefícios para o organismo humano, sabia?

E é justamente a capsaicina, que deixa a pimenta picante, a responsável por ajudar os seres humanos a apresentarem melhorias na saúde. Um medicamento à base dessa substância presente na pimenta melhorou a saúde e o metabolismo de ratos que estavam ingerindo uma dieta com riqueza de gorduras em estudos da Universidade de Wyoming, Estados Unidos.

O medicamento foi desenvolvido com o intuito de liberar a substância durante todo o dia para que o usuário possa contar com o efeito contra a obesidade além de ficar sem efeitos colaterais, como inflamações e outros.

Novidade para perder peso pode estar chegando

Perder peso não é uma coisa fácil para quem está querendo manter a boa forma física e, de acordo com o autor da pesquisa, Baskaran Thyagarajan, já existem melhorias causadas pelo medicamento.

“Nós observamos melhorias marcantes nos níveis de açúcar e colesterol no sangue, resposta à insulina e redução nos sintomas de doença hepática gordurosa”, disse.

O medicamento que vem sendo chamado de Metabocina reverteu efeitos das gorduras ingeridas pelas cobaias do estudo.

Os resultados da pesquisa foram apresentados na reunião da Sociedade para o Estudo do Comportamento Ingestivo, onde especialistas se juntam para analisa novidades do ramo.

O medicamento, caso venha a ser vendido, terá efeito de uso após a ingestão oral. A Metabocina busca os receptores TRPV1, que estão distribuídos nas células responsáveis pela gordura adiposa.

O medicamento estimulará os receptores, tornando as células de gordura branca mais ativas, queimando a energia e fazendo-a gastar o que está sendo armazenado, tornando o paciente mais propenso a perder o peso.

O teste feito em ratos mostrou efeito durante os oito meses de teste sem apresentar quaisquer problemas para a saúde.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.