O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Parar com exercício físico pode causar piora na depressão

Buscar opções mais saudáveis podem ajudar na luta contra a depressão.

Parar com exercício físico pode causar piora na depressão
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

Parar com exercícios físicos pode influenciar no aumento de sintomas da depressão, essas são informações de uma nova pesquisa sobre saúde mental da Universidade de Adelaide, na Austrália.

De acordo com a estudante de doutorado de Psiquiatria Julie Morgan, os efeitos de interrupção do exercício em adultos considerados regularmente ativos foram de aumento nos sintomas de depressão.

Para se ter uma noção em relação ao grande resultado estudado, 152 adultos que praticavam algum tipo de atividade com ao menos 30 minutos de duração por ao menos três vezes na semana em no mínimo três meses foram estudados.

Em alguns casos, os números significativos no quadro de depressão aumentaram após três dias sem os exercícios. Outros apresentaram sintomas após a primeira ou a segunda semana sem exercício.

São recomendados ao menos 150 minutos semanais de exercícios físicos de intensidade considerada moderada para manter a saúde e prevenir a depressão.

Sem exercício físico, depressão pode se acentuar

A falta de pesquisa nesta área mostra que há uma necessidade maior de estudos, para que possa entender a maneira real em que os exercícios influenciam o corpo em relação aos sintomas da doença crônica.

As pessoas que entendem o impacto do exercício físico em seu bem estar físico e mental quando começam a incluir essa forma de entretenimento em suas vidas.

Deixar de fazer os exercícios com regularidade pode acentuar problemas mentais e a depressão está entre elas.

Entre os problemas mais recorrentes em quem tem depressão estão: problemas na digestão alimentar, dores de cabeça intensas, distúrbios do sono, tensão na nuca e ombros, mudanças de peso, mudanças de apetite, dores pelo corpo e imunidade baixa.

Deve-se ter cuidado, pois esta é uma doença séria e precisa ser tratada. Buscar ajuda médica e familiar é a principal forma de se livrar deste mal de uma vez por todas, conquistando maior qualidade de vida.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.