O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Omeprazol: consumo do remédio pode levar a demência

Segundo pesquisa feita nos Estados Unidos, existe relação entre abuso do medicamento e falta de vitamina B12.

Omeprazol: consumo do remédio pode levar a demência
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

Conforme os anos passam, mais aparecem novidades relacionadas a efeitos colaterais de remédios usados no dia a dia de muitas pessoas. E desta vez o omeprazol está na mira dos especialistas em saúde.

Utilizado para prevenir problemas de saúde relacionados à úlceras, gastrites, refluxos e demais problemas gastrointestinais, o omeprazol traz riscos jamais esperados para quem exagera na automedicação.

O exagero no uso deste remédio resulta na falta de uma vitamina muito importante para o metabolismo humano com o passar dos anos: a B12.

A Kaiser Permanente, operadora de plano de saúde dos Estados Unidos avaliou a relação do consumo contínuo deste medicamento por dois anos ou mais, doses de 40 miligramas diários, e a falta da vitamina B12.

Esta vitamina é a responsável por manter várias partes do corpo funcionando corretamente, sua falta pode levar a problemas graves, como demência e anemia e outras enfermidades neurológicas.

Entre os anos de 1997 e 2011, os especialistas compararam um grupo de 25.956 pacientes com o diagnóstico da falta da vitamina com outro de 184.199 pessoas sem esse tipo de problema.

Atenção: Omeprazol pode ser prejudicial à saúde

O resultado concluiu que as pessoas que tomaram o omeprazol ou seus similares durante longos períodos possuíram 65% a mais de chances de ter déficit de vitamina B12.

Ainda no estudo, ficou provado que quem toma uma dose de 1,5 comprimidos por dia tem maiores chances (95% a mais) de apresentar a deficiência em comparação a quem usa uma dose reduzida dessa quantidade.

Quem utiliza o medicamente por ordem médica não precisa se preocupar em relação a isso. O alerta é para quem se automedica.

Aos que fazem isso é necessário ao menos reduzir o uso do remédio pela metade, ou fazer pausas entre um período e outro de uso.

Assim, parte da quantidade de vitamina B12 necessária seria recuperada pelo organismo. É necessário ter consciência que se automedicar pode ser muito prejudicial a saúde.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.