O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Novo composto inibe propagação de câncer de próstata, mama e pâncreas

Na maioria das vezes, o tumor descoberto nos primeiros estágios pode ser removido com cirurgia.

Novo composto inibe propagação de câncer de próstata, mama e pâncreas
5 (100%) 2 votos Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

Um novo composto, que impede a disseminação de células cancerígenas sejam disseminadas pelo organismo humano foi descoberto pela Dra. Sui Huang, cientista da Northwestern Medicine, dos Estados Unidos, juntamente com seus colegas.

Eles conseguiram impedir, graças a este composto, a disseminação das células do câncer, o que torna a doença tão letal para corpo do indivíduo.

Os cientistas do Instituto Nacional do Câncer , juntamente com o Dr. Chen Wang, que é pesquisador do Laboratório Huang, trabalharam com a equipe do Centro Nacional para a Promoção da Ciência Transnacional para conseguirem fazer esta descoberta.

Huang fez a descoberta de um marcador complexo que indica a capacidade das células do câncer de tornar a metástase possível, algo identificado com a hidra, o monstro de várias cabeças.

Neste novo trabalho, Huang e os colegas conseguiram produzir o composto que reduz a metástase do cânceres de próstata, de pâncreas e de mama.

Novo aliado na luta contra o câncer

No teste feito em ratos, o câncer humano foi implantado nos animais. Os modelos experimentais tratados com o composto tinha menos tumores metastáticos no pulmão e no fígado além de viver mais que os animais que não receberam o tratamento.

O resultado do estudo foi detalhado em um artigo publicado pela revista Science Translational Medicine.

O composto, chamado de Metarrestin será enviado para a FDA, o órgão do governo norte-americano que é responsável por regulamentar os medicamentos e comidas que podem ou não ser vendidas no país.

Os cientistas acreditam que em breve um ensaio clínico será lançado. Até o momento, a inteligência humana não conseguiu produzir um medicamento ou tratamento exclusivo para evitar o avanço da metástase.

Segundo Huang, o medicamento é uma “bomba” contra esta doença. Ele pode resultar em um melhor resultado para os pacientes que sofrem com o câncer, podendo prevenir sua passagem para outros órgãos.

“O que mata as pessoas é quando o câncer se espalha para outros órgãos, como quando o câncer de mama se espalha para o cérebro, fígado, pulmões ou ossos”, diz Huang. A novidade deve aumentar a longevidade das vítimas da doença.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.