O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Narguilé cresce entre jovens e já preocupa mais que cigarro

No Brasil, o uso do Narguilé avançou entre os adolescentes.

Narguilé cresce entre jovens e já preocupa mais que cigarro
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

O Brasil está vivendo um momento decisivo em relação à existência do uso de drogas em escolas, além da normalização de alguns costumes.

E um dos pontos preocupantes disso é a proliferação de mais costumes que causem problemas à saúde e um desses é o uso do narguilé.

De acordo com uma pesquisa feita com estudantes de escolas públicas e privadas do Brasil mostra o avanço do narguilé entre os adolescentes.

Os dados mostram que 9% dos alunos do 9º ano do ensino fundamental haviam feito o uso do aparelho em 2015. Em 2012, eram somente 7%.

O uso deste artifício é mais comum entre os estudantes de escolas particulares nas Regiões Sul e Sudeste. 54 mil adolescentes foram ouvidos ara que os dados fossem apresentados.

A preocupação com o narguilé não é em vão

De acordo com a Diretora de Coordenação Geral de Doenças e Agravos Não Transmissíveis do Ministério da Saúde, esta é “Uma nova preocupação”. Autora do trabalho, Maria de Fátima Marinho,  o Brasil se estagnou com os números de tabagismo após muitos anos de queda, a estabilidade em patamares considerados altos acende o sinal amarelo.

Segundo ela, 10% da população do Brasil usa cigarro, isso é quase sete vezes a população do Uruguai: “Uma legião de pessoas expostas a fatores de risco de doenças graves”.

O Brasil gasta, de acordo com o Inca, cerca de R$ 57 bilhões com o tratamento de doenças ligadas ao cigarro em despesas diretas e indiretas.

Os pesquisadores apontam que o crescimento do narguilé é um problema, pois ameaça a redução dos indicadores de fum do Brasil.

Tânia Cavalcanti, médica do Inca ainda informa que o consumo deste aparelho traz problemas graves para o adolescente. Uma sessão de narguilé entre 20 e 80 minutos corresponde aos mesmos componentes tóxicos presentes na fumaça de cem cigarros.

Se engana quem acha que a água utilizada no narguilé reduz algum dano à saúde. De acordo com a Universidade de Brasília, a água só diminui em 5% a quantidade de nicotina.

Contudo, o produto ainda tem monóxido de carbono e metais pesados.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.