O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Mirtazapina: para que serve, como tomar e efeitos colaterais

Sempre respeitando a prescrição médica no que diz respeito às dosagens, o uso da Mirtazapina, geralmente, é na hora de dormir.

Mirtazapina: para que serve, como tomar e efeitos colaterais
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

A Mirtazapina é um medicamento antidepressivo que atua diretamente nos neurônios, restaurando o equilíbrio químico do cérebro. Apesar de ainda não ter seu funcionamento totalmente compreendido, ela é usada para tratar o distúrbio depressivo maior.

Alérgicos ao medicamento não devem toma-lo, assim como pessoas que estejam tomando triptofano e/ou que tenham usado inibidores de IMAO nos últimos 14 dias. Os pacientes que usar a Mirtazapina devem ficar mais atento às suas atividades, como dirigir, por exemplo. A ingestão de álcool pode aumentar os efeitos colaterais do medicamento. Alguns jovem tem pensamentos suicidas quando tomam um antidepressivo e precisam de fiscalização.

Como tomar mirtazapina

Sempre respeitando a prescrição médica no que diz respeito às dosagens, o uso da Mirtazapina, geralmente, é na hora de dormir. O tablete deve estar em sua embalagem blister até a hora que for tomar e ele não deve ser empurrado para não danifica-lo. Ao colocar na boca o paciente deve deixa-lo se dissolver na boca e pode tomar água para ajudar a ingeri-lo.

Contraindicações

O uso da Mirtazapina é contraindicado para pacientes com alergias ao medicamento ou a algum componente do mesmo. Quem tiver tomada duas semanas antes os chamados inibidores do monoamido oxidase (IMAOs). Pessoas com doença renal, glaucoma, distúrbio bipolar, epilepsia, pressão baixa e com histórico de colesterol alto, doenças cardíacas e uso de drogas também devem evitar seu uso.

Efeitos Colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns do uso da Mirtazapina são: Sonolência, tonturas, sonhos estranhos, mudanças de visão, boca seca, prisão de ventre, aumento de apetite e ganho de peso. No entanto, outros sintomas mais graves podem ocorrer, como erupções cutâneas, reações severas do sistema nervoso e sentimentos extremos de felicidade ou tristeza. Todos esses devem ser avisados ao médico imediatamente.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.