O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Lansoprazol: para que serve, como tomar e efeitos colaterais

O lansoprazol é geralmente administrado antes das refeições e preferencialmente antes do café da manhã.

Lansoprazol: para que serve, como tomar e efeitos colaterais
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

O Lansoprazol é intensamente receitado para proteger as “paredes” estomacais em casos de úlceras ou esofagite erosiva (lesões no esófago causadas pelo ácido gástrico)

Lansoprazol pode ser inserido para o tratamento de azia frequente. Mas, vale ressaltar que este medicamento não é para o alívio imediato dos sintomas de azia.

Como tomar Lansoprazol

Todo medicamento deve ser utilizado conforme orientado pelo seu médico.

O lansoprazol é geralmente administrado antes das refeições e preferencialmente antes do café da manhã.

Em caso de de Lansoprazol (líquido), agite o frasco antes de medir a dose receitada.

Lansoprazol em forma de cápsulas ou comprimidos, não devem ser esmagados, mastigados, quebrados ou aberto/violados. Não retire o comprimido/cápsula da embalagem, retire-o apenas quando estiver pronto para tomar o medicamento.

Em forma de comprimidos, o lansoprazol deve ser deixado na boca para dissolver sem mastigar. Engula a saliva várias vezes enquanto o mesmo se dissolve.

Não esqueça de perguntar e tirar todas as dúvidas com seu médico ou farmacêutico caso você não entenda as instruções. Normalmente, o lansoprazol é tomado apenas uma vez por dia, durante duas semanas.

Efeitos colaterais

Lansoprazol pode levar até 4 dias para efeito total. Aguarde pelo menos quatro meses antes de iniciar outro tratamento de duas semanas, com lansoprazol.

Azia pode imitar os primeiros sintomas de um ataque cardíaco. Obtenha ajuda médica de emergência se tiver dor no peito que se espalhe no maxilar ou no ombro e se sinta ansioso ou tonto.

Este efeito ocorreu principalmente em pessoas que tomaram a medicação a longo prazo ou em altas doses, e naqueles com 50 anos ou mais. Não está claro se o Lansoprazol é a causa real de um risco aumentado de fratura. Algumas condições são tratadas com uma combinação de Lansoprazol e antibióticos.

Este medicamento pode causar problemas renais, sangue na urina ou diarreia, o que pode ser um sinal de uma nova infecção. Caso isto ocorra o médico deve ser informado imediatamente.

O uso deste medicamento por mais de 3 anos, pode levar a uma deficiência de vitamina B12.

Informações importantes:

Não deve tomar lansoprazol se for alérgico ou se tomar qualquer medicamento que contenha rilpivirina, complera, odefsey ou edurant. Caso o paciente faça uso de algum medicamento com “Sucralfato”, deverá esperar pelo menos 30 minutos para tomar Lansoprazol, pois o sucralfato pode dificultar a absorção do Lansoprazol pelo organismo.

Ingerir qualquer tipo de inibidor da bomba de prótons pode aumentar o risco de fratura óssea no quadril, no punho ou na coluna. Importante saber que algumas versões de Lansoprazol podem conter fenilalanina.

Este medicamento não deve ser administrado em crianças com menos de 1 ano de idade.

Grávidas ou mulheres com intenções de engravidar devem informar ao médico sobre o uso deste medicamento.

Armazene à temperatura ambiente longe da umidade, calor e luz. Não congele o medicamento líquido.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.