O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Imagens impressionante alertam para estragos que o cigarro faz no pulmão

Vídeo mostra a diferença gritante entre um pulmão saudável e um de praticantes do tabagismo.

Imagens impressionante alertam para estragos que o cigarro faz no pulmão
5 (100%) 2 votos Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

Parar de fumar pode ser uma tarefa quase impossível para as pessoas que estão vivendo há muitos anos com este péssimo hábito para a saúde.

Porém, incentivos por parte do governo e motivos dados pela comunidade médica não faltam. Com o intuito de levar para os fumantes mais um motivos para abandonarem a prática viciante e perigosa, uma enfermeira dos Estados Unidos gravou um vídeo onde mostra como acontece o funcionamento dos pulmões de uma pessoa que é saudável e o de um fumante.

Nas imagens, é possível ver o pulmão saudável de cor avermelhada se inflando com facilidade com o ar bombeado.

Enquanto o pulmão fumante tem uma cor negra, elasticidade muito comprometida e se infla com mais dificuldade.

O vídeo chamou muito a atenção dos internautas e chegou ao número de 14 milhões de acessos e mais de 600 mil compartilhamentos.

O pulmão que passa pelo excesso de contato com a fumaça tóxica do cigarro perde a elasticidade. Ele se estica mas sua retração é fraca.

A redução da elastância do pulmão faz com que o pulmão fique rígido, ou seja, o corpo precisa trabalhar mias para trazer o ar, fazendo com que os fumantes tenham pouco fôlego.

Segundo informações do Instituo Nacional do Câncer, somente no Brasil, deverão ser registrados mais de 31 mil novos casos de pulmão no ano de 2018, sendo que a maior parte é provocada pelo cigarro.

Como se não bastassem todos os malefícios, o cigarro ainda é responsável por ao menos outras cinquenta condições graves para a saúde dos indivíduos que fazem seu uso.

O males do cigarro para os humanos

Cerca de 23 pessoas morrem por hora no Brasil por conta do tabagismo, um quarto das mortes por doença coronariana é por conta do cigarro, assim como 45% das mortes por infarto para os menores de 65 anos.

85% das mortes por bronquite crônica e enfisema pulmonar, 90% dos casos de câncer no pulmão, os outros 10% são formados por um quarto dos fumantes passivos.

25% das doenças  vasculares como o derrame cerebral e 30% dos cânceres de boca, laringe, faringe, esôfago, estômago, pâncreas, fígado, rim, bexiga, colo de útero e leucemia são causadas pelo cigarro.

Confira o vídeo:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.