O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Hipertensão aumenta risco de desenvolver Azheimer, aponta estudo

Pressão alta acende sinal vermelho para inúmeros problemas de saúde.

Hipertensão aumenta risco de desenvolver Azheimer, aponta estudo
Deixe Seu Voto

Como se não bastassem todos os problemas relacionados à pressão arterial alta como as doenças cardiovasculares, os cientistas descobriram uma novidade alarmante: a ligação da hipertensão com o Azheimer.

De acordo com estudo feito pelos doutores da Universidade Rush, Estados Unidos, os idosos com pressão arterial alta tem chances maiores de acabarem desenvolvendo o mal de Alzheimer, doença preocupante que atinge um grande número de pessoas ao redor do mundo.

Para esta pesquisa, os responsáveis precisaram analisar 1,3 mil pessoas. Estas foram acompanhadas por cerca de oito anos do início da pesquisa até suas mortes.

Neste cenário, dois terços das pessoas analisadas tinham a pressão elevada e quase 90% deles estavam fazendo o uso de medicações para o controle de hipertensão.

No método de estudo, por cada ano que passava, os pesquisadores observavam a diferença de pressão arterial. Após a morte, os cérebros dos pacientes eram autopsiados para avaliações.

Ligação entre Alzheimer e hipertensão é comprovada

Após os estudos citados serem feitos, ficou comprovado que existe uma ligação entre a saúde cerebral e a hipertensão.

Para cada ponto acima do normal na pressão arterial, o paciente tem cerca de 46% a mais de chance de passar por uma lesão cerebral, um problema responsável pelo envelhecimento de 9 anos do cérebro.

Como já era esperado, ao longo dos anos, ficou provado que a pressão arterial acima do ideal é ligada aos prejuízos da memória dos indivíduos, velocidade de entendimento e atenção, podendo levar à demência.

Mesmo com todas estas conclusões, a coautora do estudo Zoe Arvanitakis afirma que são necessárias pesquisas para ampliar as descobertas e iniciar a fazer recomendações aos pacientes, evitando assim que o problema se alastre.

Recentemente foi publicado aqui no Jornal da Saúde uma informação sobre outra descoberta em relação ao Alzheimer: o colesterol cerebral está sendo associado a este problema de saúde, confira a matéria.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.