O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Dormir com luz acesa aumenta risco de desenvolvimento da diabetes

De acordo com os especialistas, qualquer tipo de luz causa influência no desenvolvimento da diabetes tipo dois.

Dormir com luz acesa aumenta risco de desenvolvimento da diabetes
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

Ser exposto à luz durante o sono da noite pode afetar tanto a sua saúde mental como o seu metabolismo.

Segundo novo estudo dos especialistas, uma única noite de sono com abajur ligado afeta de forma considerada aguda as medidas de resistência do corpo à insulina.

A luz interrompe o sono e pode ter o potenciar de causar uma influência negativa para o metabolismo, as informações são da autora da pesquisa, Ivy Cheung Mason, que trabalha na Universidade Northwestern, Estados Unidos.

Os pesquisadores conseguiram esse dado após fazerem uma análise com vinte adultos com idades entre os 18 e 40 anos.

Durante duas noites, eles foram observados com uma polissonografia enquanto dormiam em um quarto escuro e enquanto dormiam em um ambiente com luz acesa.

Para a medição, os pacientes dormiram cerca de oito horas por noite e houve coleta de sangue de hora em hora, para que a melatonina fosse checada.

Os testes de tolerância à glicose foram feitos nas manhãs após os testes, para que os resultados fossem mais concretos.

Chances de diabetes aumentam em quem dorme de luz acesa

Os níveis de resistência à insulina surpreenderam os pesquisadores, já que os resultados foram consideravelmente maiores na manhã seguinte à note de sono exposto à luz.

De acordo com os cientistas, a resistência à insulina precede o desenvolvimento do diabetes tipo 2 e descoberta como a feita pelos pesquisadores podem ajudar na prevenção da doença.

De acordo com Mason, estes resultados possuem importância por conta do maior uso de luz artificial durante a noite.

Contudo, mesmo com estes resultados, novos estudos precisam ser feitos para descobrir se a exposição à luz durante maior tempo terá efeito cumulativo a longo prazo no organismo.

Diabetes é uma doença que não tem cura, mas é tratável, fizemos aqui no Jornal da Saúde alguns artigos em relação à este problema.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.