O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Colecalciferol: para que serve, como tomar e efeitos colaterais

Alguns dos efeitos colaterais do Colecalciferol podem incluir alergias, complicações na pele.

O colecalciferol é um suplemento de origem animal extraído da lã do carneiro. É considerado um poderoso medicamento a base de vitamina D3 e é geralmente receitado para pacientes que apresentam deficiência e/ou insuficiência desta vitamina.

Este medicamento atua na absorção intestinal do cálcio e fósforo, se fazendo fundamental no sistema de mineralização óssea.

Efeitos colaterais colecalciferol

Alguns dos efeitos colaterais do Colecalciferol podem incluir alergias, complicações na pele, leve dor no peito, ataque cardíaco, diarreia, dor de barriga, náusea, vômito, refluxo ácido e constipação leve.

A vitamina D3 é lipossolúvel, ou seja, solúvel em gorduras, e está presente em alimentos como iogurtes, peixes, leites e ovos. Ela age no tecido muscular estimulando a síntese proteica, transporte de cálcio e atuando como um poderoso suplemento para a força, volume, tônus e velocidade da contração muscular.

Esta mesma vitamina pode ser absorvida pela exposição ao sol. Indica-se de 15 a 20 minutos de exposição, durante três vezes na semana, ou dez minutos diariamente, sempre antes das 10h da manhã. Seguindo esta orientação você poderá absorver quantidades suficientes de vitamina D.

A deficiência de calciferol eleva o fator de risco para o aparecimento de doenças ósseas, isto porque é a vitamina D que atua, essencialmente, na absorção do cálcio.

Nas crianças, a baixas taxa de vitamina D atua de forma mais severas, induzindo ao raquitismo (enfraquecimento dos ossos).

Fique atento, pois em adultos não há sintomas que detectem baixos níveis de vitamina D, a não ser pelo diagnóstico de doenças como a osteopenia e osteoporose.

Os efeitos desta vitamina Possui múltiplos papéis no corpo, ajudando a manter a saúde dos ossos, dentes, sistema imunológico, cérebro, sistema nervoso, regula os níveis de insulina e ajudar no controle do diabetes, função pulmonar e a saúde cardiovascular. Influencia a expressão de genes envolvidos no desenvolvimento do câncer.

Consuma via oral. A dose padrão é 1 (um) comprimido ao dia, preferencialmente próximo às refeições, durante seis a oito semanas, mas você deve checar com seu médico a dosagem necessária para os seus objetivos e condições. Aconselha-se ingerir os comprimidos com quantidade suficiente de líquido de qualquer natureza.

Nunca ingira qualquer medicamento em quantidades diferentes, maiores ou menores, ou por mais tempo do que o recomendado pelo profissional de saúde. Siga todas as instruções do seu rótulo de prescrição.

Esta vitamina deve ser armazenada sempre em sua embalagem original, em temperatura ambiente e protegida da umidade. O Colecalciferol é válido por 24 meses após a data de fabricação.

O Colecalciferol não deve ser usado por pessoas com hipervitaminose, altas taxas de fosfato ou cálcio na corrente sanguínea. Não há restrições quanto ao uso desta vitamina por pacientes idosos, em geral, salvo contraindicações já relatadas neste texto.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.