O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Cloreto de potássio: para que serve, benefícios e efeitos colaterais

O cloreto de potássio é um composto químico usado em vários setores como a indústria química.

Cloreto de potássio: para que serve, benefícios e efeitos colaterais
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

Você sabe o que o cloreto de potássio pode fazer pela sua saúde? Se você quer conhecer os benefícios deste composto que dispõe o mineral potássio para seu organismo, continue lendo nosso artigo e se informe sobre o assunto. 

O que é o Cloreto de Potássio?

O cloreto de potássio é um composto químico usado em vários setores como a indústria química, farmacêutica e alimentícia. Ele disponibiliza o mineral potássio para o nosso organismo sendo extremamente importante para diversas funções vitais, participando de vários processos metabólicos. Ele tem várias utilidades, mas no nosso organismo é usado:

  • Para suprir a deficiência de potássio e atuar em diversos papéis;
  • No sistema nervoso;
  • Na contração do músculo cardíaco, esquelético e liso;
  • Na produção de energia;
  • Na síntese de ácidos nucleicos;
  • Na manutenção da pressão arterial;
  • Na função renal;
  • Eletrólito essencial para uma boa hidratação.

É um composto usado no controle de doenças como hipertensão e também como suplemento nutricional. Ele também pode ser encontrado em vários alimentos como: abóbora, batatas com casca, espinafre, lentilhas, brócolis, abobrinha, feijão branco, couve de bruxelas, melancia, laranja, banana, melão, leite e iogurte.

Para que serve?

Na área da saúde, o cloreto de potássio tem muitas aplicações. Abaixo vocês poderão conferir alguns desses benefícios:

  • Trata hipocalemia: Deficiência de potássio no organismo;
  • Prevenção de coágulos sanguíneos: Ajudar a prevenir o surgimento de coágulos sanguíneos associados a doenças cardíacas;
  • Regula níveis de açúcar no sangue: Atua regulando o índice glicêmico, evitando picos e ausência de açúcar no sangue.
  • Saúde mental: A presença em níveis adequados no organismo ajuda a reduzir problemas como ansiedade e a melhorar funções cognitivas como memória, atenção e aprendizagem. Dilata os vasos sanguíneos, permitindo a melhor oxigenação no cérebro.
  • Saúde muscular: Promove uma recuperação muscular mais eficaz após um treino e auxilia o metabolismo na contração e relaxamento muscular, além de aumento da massa magra.
  • Regulação da pressão arterial: Dilata vasos sanguíneos, diminui a pressão arterial elevada e reduz o risco de doenças cardiovasculares;
  • Saúde óssea: Neutraliza diversos ácidos presentes no organismo que podem diminuir a fixação de cálcio nos ossos.
  • Hidratação: Participa de processos metabólicos que mantem o equilíbrio eletrolítico no organismo e assim o corpo fica hidratado.

Sempre siga indicações médicas de como consumir o cloreto de potássio ou siga o que estiver na bula. As formas mais comuns de usar cloreto de potássio são através de comprimidos, pó ou injeção. Sendo cada uma indicada para um caso especifico.

Efeitos colaterais e contraindicações

Caso você sofra de algumas das situações citadas abaixo, recomenda-se consultar um médico antes de começar a utilizar este medicamento.

  • Doença renal;
  • Cirrose;
  • Distúrbio na glândula adrenal;
  • Lesão tecidual grave como uma queimadura;
  • Lesão no trato digestivo;
  • Desidratação severa;
  • Diabetes;
  • Doença cardíaca;
  • Hipertensão arterial elevada;
  • Sangramento, bloqueio estomacal ou intestinal;
  • Diarreia crônica devido à colite ulcerativa.

O cloreto de potássio não costuma ser nocivo, mas claro que se você exagerar na utilização dele pode ocorrer alguns percalços, como:

  • Batimentos cardíacos irregulares, náusea, vômito, diarreia, flatulência, desconforto abdominal, fraqueza muscular, dor de estômago, dormência ou formigamento nos pés, mãos e boca.

Seu uso também não é recomendado para gestantes ou lactantes. Os efeitos do cloreto de potássio podem afetar o feto ou o bebê.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.