O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Cientistas criam cartilagem a partir de células-tronco

Novidade é revolução para a ciência e medicina.

Cientistas criam cartilagem a partir de células-tronco
4.5 (90%) 2 votos Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

A vida de milhares de pessoas ao redor do mundo podem melhorar graças a esta nova descoberta científicas: cartilagem foi criada em laboratório a partir de células-tronco.

Com esta criação, a medicina avança, eliminando a necessidade de implantes metálicos nos pacientes que precisam recolocar uma parte de órgão.

Contudo, este progresso não está acontecendo de forma muito rápida. Graças a um teste inicial, uma cartilagem impressa em 3D foi aprovada.

Mesmo assim, os estudos não param e a possibilidade grandemente promissora surgiu. Mesmo que para um futuro distante, a criação de uma cartilagem com articulação estável produzida por meio de células-tronco de adulto originárias de medula óssea prova que a medicina está começando a atualizar seus métodos de tratamento.

Este avanço incrível foi possível porque os cientistas envolvidos no processo induziram moléculas a agirem como se estivessem durante a formação da cartilagem embrionária.

Mais um avanço com células-tronco

A pesquisa foi feita por pesquisadores do Hospital Universitário Basileia, na Suíça. O estudo foi relatado na revista PNAS, conhecida por sua excelência quando o assunto é ciência.

Estas células-tronco adultas se desenvolvem em tecido cartilaginoso e se remodela em tecido ósseo, principalmente para a regeneração do tecido do esqueleto.

Mesmo assim, as células-tronco acabam se diferenciando das cartilaginosas, pois acabam por amadurecer espontaneamente, se tornando um tecido ósseo.

O processo deu certo após Paola Occhetta e seus colegas inibirem a sinalização de uma proteína, a responsável pela transformação em osso, conhecida como morfogenética óssea.

Seu bloqueio foi suficiente para que a cartilagem se mantivesse estável, tanto em laboratórios quanto em cobaias.

A regeneração articular ganha um novo passo, já que estabelece um novo modelo de células-troncos para o desenvolvimento de cartilagens para condições mais específicas.

Atualmente, os pesquisadores categorizam a descoberta como uma “engenharia de desenvolvimento”, já que o processo natural foi imitado para controlar o desenvolvimento e a especificação das células.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.