O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Câncer: comissários de bordo têm chance 50% maior de desenvolvimento

De acordo com o estudo, as mulheres possuem riscos ainda maiores.

Câncer: comissários de bordo têm chance 50% maior de desenvolvimento
Deixe Seu Voto

Mesmo não sendo uma surpresa para os cientistas, nova pesquisa registrou que os comissários de bordo têm maiores chances de desenvolverem câncer no útero, mama, colo do útero, pele, gastrointestinal e também da tireoide.

A pesquisa foi realizada pelos profissionais da área em Harvard, nos Estados Unidos. Os comissários passam pela exposição a fatores que podem aumentar o risco de câncer, como falta de padrões de sono, além do aumento de níveis radioativos em altitudes muito elevadas.

Para chegar ao resultado, o estudo consultou dados de 5,366 comissários de bordo. Estes funcionários tinham média de 20 anos de trabalho e 80% eram mulheres. Após isso, os pesquisadores fizeram comparações de incidência de câncer com 2.729 pessoas de idades, renda e educação e parecidos.

Câncer de mama é maior em comissárias

Além de ter sido identificada uma incidência maior do câncer no geral a mais que os demais estudados, as comissárias com câncer de mama foi 50% maior que a taxa do grupo de controle. Além disso, a taxa de câncer de pele não melanoma foi quatro vezes maior.

Segundo a pesquisadora Irina Mordukhovich, que trabalhou no estudo como coautora afirmou que a tripulação de voo tem uma exposição única a diversos fatores: “ritmos circadianos interrompidos e exposição a possíveis contaminantes carcinogênicos, como inseticidas, retardadores de chamas e combustível de aviação”.

Irina ainda fala que os níveis de radiação, mesmo que sejam baixos, podem acabar se acumulando ao longo dos anos.

Mesmo os dados sendo alarmantes para os comissários, estas novidades descobertas ainda não significam nada para os passageiros. Os estudiosos ainda afirmam ser necessárias pesquisas para que uma relação seja estabelecida.

Artigos recentes

Recentemente publicamos aqui no Jornal da Saúde uma informação muito importante para a recuperação para os pacientes de osteoporose! Confira detalhes neste artigo.

Uma outra notícia muito importante é sobre a ligação entre o mal de Alzheimer com a hipertensão, confira.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.