O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Bactéria poderosa devora carne humana e preocupa médicos da Austrália

Os especialistas ainda não conseguiram entender como funciona a doença que destrói os tecidos do corpo humano.

Bactéria poderosa devora carne humana e preocupa médicos da Austrália
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

Uma bactéria poderosa está assustando a comunidade médica. Uma úlcera é causada pela bactéria que simplesmente come a carne humana.

O pior de tudo é que estas ocorrências estão se tornando epidêmicas no Estado de Victória, Austrália. Os médicos da Austrália solicitaram uma investigação o mais rápido possível para que este caso seja explicado.

Esta doença de pele vem sendo chamada de úlcera buruli e é encontrada normalmente na zona rural da África Ocidental, África Centra, América Latina, Nova Guiné e regiões mais tropicais na Ásia.

Somente nos últimos quatro anos, os casos da doença aumentaram em 400%, de acordo com os especialistas.

Como se não bastasse, as infecções se espalharam para nocas áreas e ficaram ainda mais graves, acendendo o sinal vermelho para os especialistas.

No ano passado, somente o Estado de Victória registrou um recorde de 275 novas infecções, isso foi um aumento de 51% em relação ao ano anterior.

Daniel O’Brien, especialista em doenças infecciosas, afirmou em entrevista à BBB que os casos de úlcera causados por conta da bactéria se mostraram mais comuns e mais severos na região de forma assustadora.

Bactéria que come carne humana preocupa especialistas

Esta doença é comum nas áreas tropicais, por este motivo, ainda não está claro o surgimento dela no clima temperado de Victoria.

O’Brien ainda afirma que não se sabe o motivo e que ninguém entende o que está acontecendo para que esta epidemia seja motivada.

Os médicos solicitaram ao governo para que financiassem uma pesquisa sobre esta doença e suas possíveis causas através de texto publicado no Medical Journal of Australia.

É provável que estas bactérias se alimentem de carne por precisarem de nutrientes para a sua duplicação. Assim, elas buscam os nutrientes nas células de pele e dos músculos.

A americana Aimee Copeland perdeu as mãos, umas perna e um pé por conta de uma infecção pela “bactéria que come carne”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.