O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Apraxia: o que é, quais as causas, sintomas e tratamento

Uma condição da apraxia onde o indivíduo perde a capacidade de mover a língua e a boca ao falar.

A apraxia é uma condição caracterizada pela incapacidade da execução de movimentos motores intencionais.

Existem diversos tipos de apraxia. Entre eles, podemos citar:

Bucofacial ou orofacial

Pessoas com esse tipo de apraxias mostram incapacidades de realizar movimentos dos músculos faciais.

Membro-cinética

Essa apraxia afeta a movimentação intencional das pernas e dos braços

Ideacional

Esse tipo de apraxia incapacita a pessoa de realizar pequenas tarefas nas ordens corretas. Por exemplo, ela pode apresentar uma confusão de tarefas e não saber se deve vestir primeiro as meias e depois calçar os tênis.

Ideomotora

A pessoa manifesta uma grande dificuldade na realização de alguns gestos considerados simples e comuns e que são feitos de maneira intencional.

Por exemplo, ao entrar na igreja, ela pode fazer o sinal da cruz naturalmente. Porém, não conseguirá repetir esse sinal quando for pedida para o fazer.

Apraxia associada à fala

Uma condição da apraxia onde o indivíduo perde a capacidade de mover a língua e a boca ao falar. Esse tipo de apraxia é bastante comum em crianças que estão aprendendo a falar.

Principais sintomas associados à Apraxia

Um indivíduo com apraxia manifesta uma dificuldade crônica de realizar intencionalmente seus movimentos motores e musculares de maneira adequada.

Algumas vezes, embora a pessoa esteja consciente do problema, e principalmente da fala e ação a ser tomada, pode ocorrer uma distorção total ou dificuldade de colocar em prática essa ação ou verbalização, que é o ato ou efeito de fazer uso das palavras.

Sintomas da apraxia associadas à fala:

  • Repetir ou distorcer as palavras ou até mesmo não conseguir falar. A pessoa manifesta uma determinada dificuldade em verbalizar as palavras na ordem adequada;
  • Dificuldades na hora de pronunciar uma palavra;
  • Dificuldades em formalizar palavras mais longas;
  • Uso de verbalização distorcida, o que diminui a diminuindo clareza e precisão da comunicação;

Diagnóstico de Apraxia

Para se obter um diagnóstico preciso da apraxia, a pessoa deve buscar uma ajuda médica.

A partir desta etapa, o médico encaminhará o paciente para realização de alguns exames. Estes exames variam de acordo com a condição de apraxia que o paciente apresenta.

Para apraxia da fala, o fonoaudiólogo também poderá realizar o diagnóstico do paciente através de diversos testes orais. Durante a realização destes testes, o especialista poderá analisar quais palavras ou sílabas são mais difíceis de serem pronunciadas.

Tratamento de Apraxia

O tratamento recomendado para as pessoas com apraxia varia de acordo com o diagnóstico realizado pelos especialistas.

Ele pode oferecer excelentes resultados também com a ajuda de familiares, terapeuta ocupacional, acompanhamento médico, e com fonoaudiólogo. O mais recomendado é buscar profissionais especialistas nos tratamentos para apraxia

Apraxia da fala em crianças

No caso de apraxia que compromete o desenvolvimento da fala das crianças, o fonoaudiólogo poderá ajudar estimulando os músculos faciais da criança de acordo com a palavra pedida para ser dita.

Por exemplo, a palavra maçã. O médico ajuda a criança a pronunciar as suas sílabas da palavra de maneira devagar, silábica, conduzindo o movimento da boca da criança e repetindo as sílabas para que ela aprenda a pronunciá-las.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.