O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Anvisa bloqueia distribuição de remédio para ansiedade

Lote de Diazepam, desde o final de março não deve ser mais comercializado.

Anvisa bloqueia distribuição de remédio para ansiedade
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), interrompeu a distribuição, comercialização e uso de um lote do medicamento para ansiedade Diazepam de 10mg e 2ml em sua forma injetável.

A resolução da agência foi publicada no Diário da União e é referente ao lote 20101816 que possui validade até o mês de julho de 2018. A suspensão é válida apenas para esse lote produzido pela empresa Santista Laboratório Farmacêutico S.A, localizada na cidade de Bauru, interior de São Paulo.

A suspensão ocorreu após um laudo emitido pelo Laboratório Central de Saúde Pública de São Paulo (LACEN), onde se constatou insatisfatório a análise do rótulo do referido lote de Diazepam. O laboratório deve recolher o estoque que está disponível no mercado o mais rápido possível.

Esta não é a primeira vez que o mesmo lote, do mesmo laboratório apresenta problemas quanto a sua identificação de rótulo. Em março de 2017, a mesma determinação foi divulgada pelo Diário Oficial.

Indicações e como funciona o Diazepam

O Diazepam é um medicamento conhecido e indicado para aliviar sintomas de ansiedade, tensão e demais reclamações somáticas ou psicológicas associadas. Também é usado como sedativo e desempenha efeito contra ansiedade e convulsões.

Ele pertence ao grupo de medicamentos de nome benzodiazepínicos e tem como substância ativa o diazepam. A droga possui contra indicações para pessoas que:

  • Tiverem hipersensibilidade aos benzodiazepínicos;
  • Glaucoma de ângulo agudo (aumento da pressão intraocular);
  • Miastenia gravis (doença que motiva a fraqueza e fadiga muscular), pois o Diazepam causa relaxamento muscular;
  • Insuficiência grave dos pulmões ou fígado;
  • Apneia do sono (caracterizadas por paradas respiratórias durante o sono).

Por se tratar de um medicamento controlado, o Diazepam somente pode ser comprado com receita médica e em nenhuma hipótese deve ser alterada sua dose sem orientação medica.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.