O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Anticoncepcional sem hormônios evita gravidez por “meios mecânicos”

Conhecido como quitosana, o remédio não utiliza hormônios para evitar gravidez.

Anticoncepcional sem hormônios evita gravidez por “meios mecânicos”
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

Muitas mulheres não tomam anticoncepcional com medo dos efeitos colaterais no corpo e na saúde por conta dos hormônios presentes nestas medicações.

Um anticoncepcional sem hormônios pode estar finalmente nascendo graças a uma técnica desenvolvida por pesquisadores na Suécia.

Estes profissionais estavam buscando uma forma de reforçar a membrana mucosa, primeira linha de defesa do corpo humano para proteção de revestimento interno.

A ligação cruzada do muco natural com a quitosana (polissacarídeo derivado da quitina) é a principal abordagem do estudo.

A substância simplesmente forma camadas duras do esqueleto externo de crustáceos, como o camarão por exemplo.

O material age reforçando a malha da barreira de mucina que reveste o epitélio da mucosa nas cavidades do corpo humano.

O polímero conseguiu retardar a difusão de polímeros de dextrano e da proteína tóxica da cólera através das mucosas.

Falhas da barreira mucosa podem levar à sua inflamação. um verdadeiro problema para doenças inflamatórias ligadas aos intestinos, rinite, refluxo ácido e outras síndromes.

Uso do anticoncepcional natural sem hormônio

Os cientistas começaram a estudar a possibilidade de usar a técnica como anticoncepcional natural, de natureza mecânica no corpo humano.

No colo do útero, a barreira mucosa é impermeável e durante a ovulação é mais fácil de receber os espermatozoides. A necessidade natural da reprodução faz com que o útero se “afrouxe” para receber a fertilização dos óvulos.

De acordo com o Dr. Thomas Crouzier, que trabalha no Instituto Real de Tecnologia de Estocolmo, “O material polimérico pode fechar essa possibilidade e impedir a fertilização. Dessa forma, obtém-se um contraceptivo que não é baseado em hormônios e não tem efeitos colaterais”.

Já existe, inclusive, um trabalho da equipe para que este anticoncepcional seja posto logo no mercado, seria uma espécie de cápsula vaginal que se dissolveria rapidamente, fazendo efeito em poucos minutos após a liberação do material.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.