O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Anosmia: o que é, quais as causas, sintomas e tratamento

Além de a Anosmia ser uma condição que gera bastante desconforto, já que as sensações olfativas da pessoa se tornam limitadas.

Anosmia: o que é, quais as causas, sintomas e tratamento
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

A anosmia é uma condição caracterizada pela perda do senso olfativo. Esse problema pode tanto ocorrer pela presença da condições simples de serem tratadas, como também como um sintoma de outros problemas de saúde mais graves.

Por que ocorre a Anosmia?

A perda de olfato está relacionada principalmente aos danos nas membranas mucosas do revestimento nasal interno.

A condição pode durar por pouco, principalmente se sua causa for apenas uma gripe ou resfriado, o que normalmente faz com que o nariz entupido prejudique o olfato. Assim que o corpo é curado da gripe, o olfato volta ao normal.

Também ser uma condição permanente; entretanto, esta citada é mais improvável. A prevalência da anosmia na população como um todo é de 19%.

Causas comuns da Anosmia:

  • Anosmia parcial, considerada comum, tendo em vista que se trata de condições temporárias, como gripes, alergia, resfriados, que podem resultar principalmente na obstrução nasal e perda da capacidade olfativa. Quando tratada, o olfato volta ao comum.
  • Anosmia permanente, ocorre devido a acidentes que danificam permanentemente os nervos olfativos. Podem ser decorrentes também de infecções graves lesionando o nariz, não havendo possibilidade de cura.

Fatores de risco da Anosmia

Um dos fatores de risco que podem desenvolver esta doença é o tabagismo, ou seja, o hábito de fumar.

A idade avançada representa outro fator de risco. Isto é, pessoas acima dos 60 anos também têm grandes chances de desenvolver esse problema.

Além de a Anosmia ser uma condição que gera bastante desconforto, já que as sensações olfativas da pessoa se tornam limitadas, ela também pode ser considerada como perigosa, já que o indivíduo com esta doença não será capaz de identificar situações de riscos, como um vazamento de gás, fumaças tóxicas, ou, se algum alimento está estragado.

Mediante estas condições, o médico deve ser consultado para um diagnóstico preciso e o tratamento.

Diagnóstico para combater a doença

O diagnóstico pode ser realizado através de uma avaliação do clínico geral ou também por meio do otorrinolaringologista, encaminhará o paciente à realização de exames.

Entre alguns exames para identificar a causa, podemos destacar:

  • Endoscopia nasal
  • Exame de sangue para detectar ausência de algum nutriente
  • Tomografia do cérebro ou ressonância magnética
  • Raio-X craniano
Tratamentos para a Anosmia

O tratamento vai variar de acordo com a causa diagnosticada da doença.

No caso de uma Anosmia decorrente apenas de um resfriado, alergia ou gripe, o médico poderá receitar o uso de medicamentos para gripe, descongestionantes nasais a fim de desobstruir o nariz, que pode estar entupido em decorrência da alergia ou do resfriado, prejudicando o olfato, ou anti-histamínicos.

No caso da alergia, o recomendado é que pessoa seja orientado pelo alergologista para que o médico identifique as causas e faça as devidas recomendações.

Se a causa estiver relacionada a infecções que prejudicam o trato respiratório, como por exemplo a sinusite causada por bactérias, então o médico poderá recomendar a ingestão de antibióticos.

Em casos mais graves, ou em casos crônicos, talvez o paciente seja submetido a outros procedimentos, podendo uma intervenção cirúrgica ser necessária.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.