O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Alisantes irregulares são apreendidos pela Anvisa

A Anvisa alerta que os cosméticos apreendidos não devem ser divulgados, vendidos e nem utilizados.

Alisantes irregulares são apreendidos pela Anvisa
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) retirou do comércio, quatro produtos para alisamento de cabelo que estavam em desconformidade com as normas de saúde e segurança do órgão federal, em relação aos níveis de formol encontrados.

Os cosméticos foram avaliados pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco que constataram em análises, a presença irregular de formol, falta de regularização do produto e ainda problemas de rotulagem. Os produtos retirados de comercialização pela Anvisa foram:

  • Maxxdonna Profissional Matutinha Máscara 02 Redutora de Volume, fabricado pela G.A.M.
  • Step Ingel Maxx Premium Forever Liss Professional, fabricado até 31/10/2017 pela ITC Cosméticos.
  • Forever Liss Botox, da empresa Aguss Indústria e Comércio de Cosméticos LTDA-ME.
  • Lote 5444 Bio Amazônica – Argila Terapia, fabricado por Embratec Envaso LTDA.

Por ser uma substância tóxica, o uso de formol em produtos do segmento de beleza é limitado. Apenas é permitido sua aplicação como conservante e em concentração de até 0,2%, mas não deve ser usado como alisante.

É importante ressaltar que ao entrar em contato com o formol pode haver irritação da pele, dor e até queimaduras, e sua inalação pode desencadear irritação na garganta, tosse, diminuição da frequência respiratória e também pneumonia.

Orientações sobre alisantes pela Anvisa

Conforme regularização, os alisantes comercializados no país são obrigados a serem registrados na Anvisa. A obrigação se dá pela possibilidade de alguns produtos – o que inclui também os cosméticos importados -, possuir substâncias proibidas ou em concentrações inadequadas.

Além do formol, existem outros elementos ativos que têm propriedades alisantes como: ácido tioglicólico, hidróxido de sódio, hidróxido de potássio, hidróxido de cálcio, hidróxido de lítio, hidróxido de guanidina permitidas pela legislação. Porém, formol e o glutaraldeído não são autorizados como alisantes pela Anvisa.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.