O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Adoçantes artificiais, ligados à obesidade e diabetes

Isto foi divulgado por um novo estudo realizado por uma equipe de pesquisadores da Faculdade de Medicina de Wisconsin e da Universidade de Marquette.

Adoçantes artificiais, ligados à obesidade e diabetes
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

Se você está seguindo uma dieta para perder peso e substituiu o açúcar por adoçantes artificiais , você deve saber que estes também estão relacionados à obesidade e diabetes.

Isto foi divulgado por um novo estudo realizado por uma equipe de pesquisadores da Faculdade de Medicina de Wisconsin e da Universidade de Marquette (Estados Unidos).

Felizmente, hoje mais e mais pessoas estão conscientes da importância de comer uma dieta saudável e um estilo de vida ativo. Por esta razão, há muitos que decidem trocar o açúcar por adoçantes artificiais sem calorias, mas estes não são tão saudáveis ​​quanto se pode pensar.

A nova pesquisa revela que os substitutos do açúcar também podem causar mudanças no corpo relacionadas ao diabetes e à obesidade.

Os adoçantes artificiais são um dos aditivos alimentares mais comuns no mundo. Alguns estudos anteriores os ligaram a efeitos negativos sobre a saúde.

O trabalho realizado por esses cientistas se concentra em analisar as mudanças bioquímicas que ocorrem no corpo pelo consumo de adoçantes artificiais ou açúcar,usando uma abordagem conhecida como metabolômica de alto desempenho. Além disso, eles também estudaram o impacto que eles têm na saúde vascular.

No laboratório, a equipe alimentou diferentes grupos de ratos com dietas ricas em glicose ou frutose (dois tipos de açúcar) e aspartame ou acessulfame de potássio (dois adoçantes artificiais sem calorias).

Após três semanas, os cientistas observaram diferenças significativas nas concentrações de compostos bioquímicos, gorduras e aminoácidos nas amostras de sangue dos animais.

Os resultados do estudo sugerem que os adoçantes artificiais mudam a maneira como o corpo processa a gordura e obtém energia.

Além disso, eles descobriram que o acessulfame de potássio tem que se acumular no sangue, e altas concentrações têm um efeito prejudicial nas células que revestem os vasos sanguíneos.

Com base nos resultados, você pode se perguntar o que é melhor: açúcar ou adoçantes artificiais . A equipe ressalta que eles ainda não têm uma resposta clara e que precisam continuar investigando. “Se você consome em excesso essas substâncias estranhas (como acontece com o açúcar), o risco de resultados negativos na saúde aumenta , como acontece com outros componentes da dieta, eu gosto de dizer que a moderação é a principal”, diz Brian Hoffman, diretor do estudo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.