O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Abscesso dentário, causas, sintomas e tratamentos

Um abscesso periapical ocorre no começo da raiz dentária, enquanto que um periodontal ocorre nas gengivas junto à raiz de um  dente.

Abscesso dentário, causas, sintomas e tratamentos
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

Abscesso dentário é conhecido por excesso de pus devido a uma infecção bacteriana. O  abscesso pode aparecer em diferentes regiões do dente por razões  diferentes. Um abscesso periapical ocorre no começo da raiz dentária, enquanto que um periodontal ocorre nas gengivas junto à raiz de um  dente.

Causas do abscesso dentário

Ocorre quando uma infecção bacteriana se instala em alguma parte dentária entre a gengiva e os ossos da face ou do pescoço.

Um dente que não recebeu o tratamento que deveria pode vir a ter um abcesso. Outras causas para que ocorra essa infecção são a má escovação e a dieta rica em açúcar, que geram cáries e inflamações, que futuramente
podem vir a ser um abcesso.

Sintomas de abcesso:

Os sinais mais corriqueiros são:
• Dor de dente.
• Vermelhidão na área afetada.
• Sensibilidade ao toque.
• Drenagem de pus.
• Dificuldade de abrir a boca ou mastigar.
• Gânglios do pescoço inchados.
• Dente escurecido.

Se não tratado o abcesso pode evoluir para uma osteomielite – uma infecção na face, que se origina infecção instalada do abcesso dentário e se espalha na corrente sanguínea, dando sintomas como: náusea,  vômito, febre etc.

Buscando ajuda médica:
Se houve o abcesso, caso haja agravantes como febre, náuseas etc, marque uma consulta dentária urgente.

Diagnosticando:
Apenas com um exame de toque do dentista é possível detectar o  abcesso, podendo ser necessário também um exame de raio – x.

Tratamento de Abscesso dentário:
Incisão e drenagem do abcesso

O dentista poderá fazer um pequeno corte, retirar o pus e os detritos,  higienizar a área, salinizar e passar as instruções para o paciente cuidar  do processo de recuperação do abcesso.

Tratamento de canal
Este procedimento pode ajudar a eliminar a infecção e salvar o seu  dente. Para isso, o dentista remove o tecido doente central usando uma  broca e drena o abscesso.
Ele, em seguida, ‘’fecha’’ a cavidade e canais radiculares do dente.

Também é colocada uma coroa no dente para aumentar sua rigidez, especialmente se forem molares. Se você cuidar de seu dente
restaurado corretamente, pode durar uma vida.

Adeus dente!
Se o dente não puder ser salvo da infecção do abcesso, será  necessário a extraindicados

Antibióticos
Se a infecção causou danos apenas ao dente não é necessário  antibióticos, porém, se a infecção espalhar para os outro e dentes e
maxilar será necessário provavelmente o uso do antibiótico.

Medicamentos:
Medicamentos mais indicados para abcessos:
• Amoxicilina + Clavulanato de Potássio.
• Clindamicina.
• Flanax.
• Novamox 2x.
*Nunca se automedique. Vá ao médico.

Complicações possíveis:
Se não houver o tratamento certo ao abcesso, ele pode se alastrar  pelos dentes – causando mais danos, chegar ao maxilar e depois na  corrente sanguínea. Durante esse processo ocorrerá muito mal-estar,
coisas que pode ser evitada com pequenas prevenções.

Prevenção:
Há meios de evitar um abcesso, são eles:
• Escove os dentes pelo menos três vezes ao dia.
• Use fio dental pelo menos uma vez ao dia, de preferência antes da
última escovação diária.
• Troque a escova de dentes pelo menos uma vez a cada três ou
quatro meses.
• Evite alimentos ricos em açúcar.
• Faça visitas regulares ao dentista.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.