O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Abril de 2018, o mês recorde de emissões de CO2

"Esta é a primeira vez na história que o registro do Observatório Mauna Loa, no Havaí , ultrapassou 410 partes por milhão na média mensal de CO2 ".

Abril de 2018, o mês recorde de emissões de CO2
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

Abril de 2018 registrou recordes de emissões de dióxido de carbono na atmosfera em todo o mundo. Isto é confirmado pelo Instituto Scripps de Oceanografia da Universidade da Califórnia em San Diego, EUA, depois de comparar uma série histórica de mais de seis décadas.

“Esta é a primeira vez na história que o registro do Observatório Mauna Loa, no Havaí , ultrapassou 410 partes por milhão na média mensal de CO2 ” , disse o instituto em um comunicado. Segundo a entidade, esses altos níveis de poluição representam um aumento de 30% na concentração de dióxido de carbono na atmosfera global desde o início dos estudos de emissão, em 1958.

“O CO2 é o mais comum entre todos os gases de efeito estufa produzidos pelas atividades humanas, atribuído à queima de combustíveis fósseis”

A concentração registrada pelo Scripps Institute of Oceanography durante o mês de abril de 2018 coloca o dióxido de carbono médio na atmosfera em 410,31 partes por milhão (ppm). “Antes do início da Revolução Industrial, os níveis de CO2 flutuaram por milênios, mas nunca ultrapassaram 300 ppm em nenhum momento nos últimos 800 mil anos”, disseram os especialistas do Scripps.

Aumento do dióxido de carbono pelos combustíveis fósseis

Esses altos níveis de contaminação têm uma explicação muito simples, segundo os pesquisadores do programa. ” Nós continuamos queimando combustíveis fósseis . O dióxido de carbono se acumula no ar. É tão simples assim “, o geoquímico Ralph Keeling, diretor do programa Scripps CO2.

O dióxido de carbono é um dos principais gases causadores da mudança climática e o efeito estufa pela sua capacidade de manter a radiação solar na atmosfera, causando um aumento na temperatura global. “O CO2 é o mais comum entre todos os gases de efeito estufa produzidos pelas atividades humanas, atribuídos à queima de combustíveis fósseis”, destacam o Instituto Scripps de Oceanografia da Universidade da Califórnia.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.