O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Torsilax, para que serve, como funciona e efeitos colaterais

Confira neste artigo todos os detalhes sobre o Torsilax.

Torsilax, para que serve, como funciona e efeitos colaterais
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

O torsilax é um medicamento de uso adulto e oral, sua principal função é tratar o reumatismo, doenças que causam dores, que restringem movimentos e causam inflamações no esqueleto, articulações e músculos.

Esta medicação ainda pode ser usada para o tratamento de doenças similares que acabam de alguma forma causando picos de dor.

O uso comum e mais indicado pelos médicos é de um comprimido a cada doze horas. Sua administração não deve ser feita durante mais de dez dias.

O medicamento é uma combinação de anti-inflamatório com analgésico e relaxante muscular, sendo categorizado também como um estimulante.

De acordo com a Anvisa, a medicação ajuda a combater quem passa por crises agudas e gota, lombalgia, crise de artrite e outras artropatias.

A ação do medicamento funciona com o carisoprodol, que relaxa o músculo, reduz a tensão do músculo e do esqueleto.

A cafeína estimula o sistema nervoso central, reduzindo a sonolência causada pela substância anterior, deixando a mente um pouco mais alerta. Além disso, a cafeína auxilia na luta contra a dor, para que a musculatura fique menos sensível ao cansaço.

O diclofenaco é o anti-inflamatório, ele é o responsável por acabar com a febre e/ou inchaço local, que são sintomas de inflamação.

O paracetamol age como controlador da temperatura, das dores e age como anti-inflamatório.

Outros detalhes sobre o torsilax

A dose máxima deste medicamento é de um comprimido, sendo ingeridos sem mastigação. A duração do seu tratamento é de até dez dias, mas alguns médicos receitam para períodos mais longos de tratamento.

Pessoas que possuem qualquer alergia aos componentes da fórmula, aos anti-inflamatórios, que possuem insuficiências cardíaca, hepática, renal grave ou arterial grave não podem tomar esta medicação!

Quem tem problemas como sangramentos intestinais ou úlceras péptica precisam de cautela para tomar a medicação, sendo que somente o médico pode demonstrar qual o melhor momento para tomar esta medicação.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.