O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Sinvastatina: para que serve, composição e efeitos colaterais

Sinvastatina é um remédio para o tratamento de hipertensão arterial.

Sinvastatina: para que serve, composição e efeitos colaterais
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

Este medicamento era conhecido anteriormente como lovastatina e teve modificações após descobertas novas terem sido feitas em relação ao fungo aspergillus terrerus, que inibe a enzima que produz o colesterol. Com a mudança, nasceu a sinvastatina.

A composição deste fármaco conta com sinvastatina, ácido ascórbico, ácido cítrico, amido, celulose e outros.

No organismo, este composto sintético reduz as taxas do mau colesterol, conhecido pela comunidade científica como LDL e triglicérides. Ele também atua no aumento do HDL, conhecido como o bom colesterol.

Além disso sua atuação na produção do colesterol produzido pelo fígado tem grande benefício para o organismo, pois ele remove boa parte deste composto que está presente na corrente sanguínea.

É indicado que além do remédio, a pessoa inicie uma nova dieta, mais balanceada e que respeite as necessidades de seu corpo. Assim, mais resultados apareceram em menor tempo.

Sinvastatina: saiba quem deve tomar

A principal recomendação é que este remédio seja tomado por pessoas que tem ou tendem a ter problemas no sistema cardiovascular.

Este medicamento agirá minimizando os danos causados pelo excesso de gordura e colesterol acumulados no corpo com o passar dos anos.

Esta substância ainda ajuda a reduzir chances de infarto ou AVC, melhorando o fluxo sanguíneo e reduzindo as dores fortes e fisgadas no peito.

Sinvastatina: contraindicações e mais detalhes

O remédio não podem ser tomados por gestantes, mulheres amamentando, além de crianças. Há possibilidade de interferência na formação do feto.

Alérgicos a um dos ingredientes da fórmula, portadores de doenças hepáticas, doentes crônicos precisam de liberação do médico.

Importante sempre consultar um médico para saber se é indicado ou não tomar esta medicação, principalmente porque você pode por sua vida em risco ao se automedicar.

O preço do remédio pode ser encontrado nas farmácias brasileiras e, dependendo de sua quantidade, ser encontrado entre 4 e 80 reais.

Entre os efeitos, podem ser observados fraqueza nos músculos, dores de cabeça, dor muscular e problemas hepáticos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.