O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Nimesulida: para que serve, anti-inflamatório, como tomar e para que serve

O remédio é caracterizado como não esteroide e combate inflamações.

Nimesulida: para que serve, anti-inflamatório, como tomar e para que serve
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

O Nimesulida é encontrado normalmente nas farmácias e não é necessária a receita médica para fazer sua compra.

Porém, não é recomendado o uso sem a indicação de um médico. Seu uso é permitido a partir dos 12 anos de idade.

A medicação normalmente é vendida em pequenas embalagens de 12 comprimidos ou também em forma líquida com 15 ml.

A nimesulida contém a substância cicloxigenase-2 que contribui para fazer a síntese de prostagladinas relacionadas à inflamações.

Este medicamento também age no sistema nervoso central. Ele anestesia as partes cerebrais que são responsáveis pelo alerta das dores.

Ainda há a inibição da produção de radicais livres, responsáveis pelas inflamações. É um remédio que acumula menos substâncias nos rins, ao contrário da maioria dos remédios nestas categorias.

Com essa propriedade, o remédio possui menos riscos e efeitos colaterais, porém, os pacientes com insuficiência renal ainda precisam verificar qual a primeira opção para o tratamento.

Nimesulida: maiores indicações e outros detalhes

A nimesulida oferece efeitos mais rápidos que os outros anti-inflamatórios. Os adultos percebem a redução da dor em uma média de 15 minutos. Outros remédios nesta categoria levam entre 30 a 40 minutos.

A nimesulida é indicada para inflamações, como nos dentes, irritações na garganta ou dor de garganta, dores de cabeça, dores de dente, nos ouvidos, aliviar cólicas renais, cólicas menstruais, febre e sintomas da gripe.

Ele pode ser encontrado com os nomes Nisulid, Arflex e Cimelide. E dependendo da marca, quantidade de cápsulas, comprimidos e frasco líquido, pode custar entre R$ 16 a R$ 35.

O ideal é que seja tomado de 12 em 12 horas, dependendo do problema. Após operações, por exemplo, ele pode ser tomado mais vezes ao dia para que a dor seja inibida.

Em sua versão líquida, cada gota corresponde a aproximadamente 2,5 mg de medicação. A agitação antes de usar é necessária.

Grávidas, pessoas com insuficiências renais ou cardíacas, mau funcionamento dos rins, portadores de úlceras e pessoas com problemas de coagulação não podem tomar o remédio.

Entre as reações podem aparecer náuseas, dores de cabeça, perda de apetite, redução do volume urinário, diminuição da temperatura corporal, tremores e sobrecarregamento renal.

1 comentário
  1. Murilo Diz

    Muito bom esse remedio

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.