O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Levofloxacino: para que serve, efeitos colaterais, bula e mais

Este medicamento é um antibiótico, saiba mais detalhes antes de tomá-lo!

Levofloxacino: para que serve, efeitos colaterais, bula e mais
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

Indicado para o tratamento de infecções por bactérias, o medicamento Levofloxacino é um antibiótico que foi lançado em 1993 no japão.

Por ter sido lançado no mercado por várias redes fabricantes, o fármaco pode ser encontrado como  Takov, Tavaflox, Levoxin, Tamiram, Levaquin, Vonax, Tavagran ou Livepax.

Este é eficaz contra grande parte das bactérias gram-negativas, conhecidas como patogênicas, que possuem maior virulência e são resistentes aos antibióticos.

Assim, Levofloxacino é prescrito parar diversas infecções onde o agente causador ainda não é conhecido.

Assim que o agente é identificado, o tratamento com esta medicação pode ser interrompido e outro antibiótico passe a ser administrado para que o tratamento seja mais restrito.

Este medicamento serve para tratar de infecções causadas por agentes sensíveis, infecções respiratórias com sinusite, pneumonia, bronquite crônica e outras no trato inferior e superior.

Ele ainda é eficaz combatendo infecções do tecido subcutâneo e da pele, como erisipela, celulite, furúnculo, abscessos e impetigo.

Outros problemas como infecções urinárias, osteomelite e doença do legionário também podem ser tratados com este.

Seu preço pode variar muito, dependendo principalmente da região. Os valores giram entre R$ 30 e 80 reais e a injetável pode chegar a R$ 160.

Superdosagem e efeitos colaterais do Levofloxacino

O consumo desta medicação poderá causar no paciente algumas reações e efeitos indesejados. Entre um e dez por cento dos pacientes apresentam infecções, distúrbios como a insonia, tonturas, dores de cabeça, dispneia, dores abdominais, vômitos, diarreias, distúrbios da pele.

Se o paciente ingerir grande quantidade do medicamento em forma de comprimidos, é necessário buscar o médico de forma imediata.

Este remédio vai agir no sistema nervoso central do usuário e pode causar convulsões, vertigens, alterações na consciência, reações no estômago e outros.

O mais importante é sempre ter a receita médica antes de comprar medicações como estar. Você pode estar colocando sua vida em risco caso não opte por procurar um especialista antes de ir na farmácia!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.