O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Furosemida: quem pode tomar, efeitos colaterais

Conheça todos os detalhes sobre esta substância e seus efeitos no organismo.

Furosemida: quem pode tomar, efeitos colaterais
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

Muito utilizado para tratar casos de hipertensão arterial em todos os níveis conhecidos, o remédio furosemida é muito indicado para outras doenças e sintomas que o corpo humano apresenta.

Um dos seus principais efeitos é o diurético e o anti hipertensivo, que age no corpo de forma rápida quando o seu uso correto é aplicado.

Neste artigo você vai conhecer todos os detalhes necessários antes de tomar a medicação, como suas contraindicações, efeitos colaterais e outros detalhes importantes.

Você pode utilizar esta medicação para tratamento de distúrbios do coração, hepáticos e renais, edemas pulmonares, edemas cerebrais e causado por queimaduras.

Esta medicação também é importante para tratar insuficiência cardíaca e para crises de hipertensão. Seu efeito é de no mínimo 15 minutos após a ingestão.

Furosemida: mais detalhes importantes

O médico precisa indicar para que você compre esta medicação. Utilizar este remédio sem a devida prescrição pode causar doenças graves, efeitos colaterais e até danos para a sua saúde!

Além dos problemas já conhecidos, esta medicação pode até trazer danos de maneira desenfreada para a saúde.

Seu preço varia entre R$ 3 a R$ 14, sempre levando em conta o local da compra, a quantidade e sua dosagem indicada.

Seu uso não pode ser feito por pacientes que tenham quadro de insuficiência renal, pré coma ou coma hepático, hipopotassemia severa, hiponatremia grave, desidratação ou queda de pressão do sangue. Os alérgicos também não podem tomar este medicamento.

Possíveis efeitos colaterais desta medicação são o aumento da excreção de sódio, cloreto, potássio, cálcio e magnésio.

Desidratação, trombose, dificuldade de concentração, tonturas, sonolência, boca seca, pressão na cabeça, boca seca e outras.

Este remédio é considerado dopping para praticantes de esporte profissional. Ele “mascara” o uso de outras medicações, como suplementos. Ele ajuda a emagrecer, pois faz com que a pessoa perca líquidos retidos e sal.

É importante sempre contatar o seu médico e sempre estar de olho em qualquer sintoma que apareça após começar a tomar o fármaco!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.