O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Floratil: para que serve, detalhes importantes e efeitos colaterais

Esta medicação serve para a regulação da flora intestinal.

Floratil: para que serve, detalhes importantes e efeitos colaterais
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

Floratil é um medicamento muito conhecido pelo mercado brasileiro. É um probiótico que serve principalmente para a regulação e restauração da flora intestinal.

Ele tem papel importante na restauração da flora intestinal em casos de tratamento de diarreias causadas por bactérias como a Clostridium Difficile.

O remédio ainda é usado contra reações à antibioticoterapia, quimioterapia e também do desregulamento natural do intestino humano.

Este fármaco poderá ser encontrado por você nas principais farmácias, normalmente em pacotes de 100 mg a 250 mg, o uso é adulto e também pediátrico.

Saiba quando usar o floratil

Esta medicação deverá ser utilizada pelo paciente sempre com o intuito de sanar problemas no sistema do intestino.

Casos de diarreia, combate do crescimento de bactérias como a Difficile, para a restauração da flora intestinal e também para o tratamento em crianças ou bebês.

Para tomar o floratil, o paciente precisa estar em jejum ou meia hora antes das refeições. Existem versões do medicamento em cápsulas ou pó oral, com doses que variam.

É importante frisar que somente o médico vai saber lhe indicar a posologia correta, ele conseguira prezar pela sua necessidade com uma quantidade personalizada para o seu caso específico.

Floratil: mais detalhes sobre o remédio

Os sintomas costumam sumir após três dias do uso da medicação. O médico deve ser procurado caso os sintomas persistam após cinco dias de tratamento.

Sua composição é formada pelo Saccharomyces boulardii, presente em frutas com benefícios probióticos.

Este medicamento não tem superdosagem e nem contraindicações. Porém, as fezes podem ficar com cheiro forte quando crianças são as pacientes.

O medicamento melhora a absorção de vitamina B, melhorando a atividade intestinal. Normalmente, os pediatras solicitam que as crianças tomem 100 mg do remédio, mas é preciso ter certeza.

Grávidas e lactantes podem tomar este remédio sob prescrição médica, as dosagens podem ser diferentes nesta época.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.