O Jornal da Saúde é um site de portal de notícias online com o objetivo de trazer assuntos relacionados sobre saúde e bem estar.

Androsten: preço, contraindicações, informações e detalhes

Androsten: medicamento para fitoterapia, substância ativa a Tribulus terrestres.

Androsten: preço, contraindicações, informações e detalhes
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

O medicamento androsten é utilizado para a fitoterapia e tem como substância ativa a Tribulus terrestres.

O remédio é recomendado para utilização em casos de desequilíbrio hormonal e aumento da produção de espermatozoides.

Este medicamento ainda atua no aumento do desempenho esportivo e também reduz os sintomas de fadiga, fazendo com que o indivíduo se sinta mais disposto a fazer as tarefas do dia a dia.

As principais indicações deste remédio é para pacientes que sofrem da disfunção erétil, que passam por desequilíbrio de hormônios e também para quem precisa de uma maior produção de esperma.

O preço do Androsten normalmente gira em torno de R$ 77, cada caixa contém 30 comprimidos de 250 mg.

Os efeitos colaterais do Androsten são inquietação, batimentos do coração acelerados, febre e insônia. Mulheres, crianças e pessoas com alergia à fórmula não podem tomar o remédio.

Seu uso é oral, e é tomado um comprimido três vezes ao dia, durante 60 dias. A dose não pode ultrapassar três comprimidos por dia.

Respeitar o horário é ideal para resolver o problema de saúde, não interrompa o tratamento sem o conhecimento do médico, o medicamento não pode ser partido ou mastigado.

Mais detalhes sobre o Androsten

O medicamento trabalha na elevação do DHEA, os níveis da dehidroepiandrosterona sobem após o remédio absorvido pelo corpo.

Este medicamento ainda simula a ação da enzima 5-a-redutaste, que converte a testosterona na sua forma ativa, o DHT, responsável por formar células sanguíneas para desenvolvimento dos músculos.

O Androsten ainda estimula células germinativas a aumenta os espermatozoides, apresentando alterações nas funções sexuais.

Os pacientes que usaram o remédio em teste de laboratório em três semanas observaram melhora de 60% em sua função sexual.

Houve, inclusive, melhora em pacientes vítimas de disfunção erétil em diabéticos e não diabéticos.

A armazenagem do remédio deve ser feita em local seco, fresco e em temperatura ambiente.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.